Um problema global: pelo menos 1,8 bilhões de pessoas não têm acesso a água potável e metade da população mundial viverá em zonas com escassez de água em 2025.

(Organização Mundial de Saúde, nov. 2016)

Uma solução sustentável e versátil: H2OMe

É um módulo sustentável e multifuncional desenvolvido pela Elecnor, por meio de sua área de P&D+i.
Hoje, esta engenhosa solução é uma realidade em Angola. Neste país, a Fundação Elecnor realizou o primeiro projeto H2OMe para melhorar o acesso a água potável a cerca de 10.000 habitantes da região de Gove, além de proporcionar um espaço multifuncional com uma biblioteca audiovisual.

É construído a partir de contêineres de transporte de mercadorias por mar que já não são usados, que são reciclados e utilizados para criar uma estrutura móvel em dois níveis que pode ser transportada e instalada facilmente em qualquer espaço. Em seu interior, alberga uma fábrica autossuficiente potabilizadora de água e um espaço multifuncional para o desenvolvimento de iniciativas que podem beneficiar a população onde for instalada (escola, biblioteca, sala, etc.)

Desenvolvimento visual

Que é H2OMe?

É uma solução sustentável e versátil para enfrentar a difícil situação que vivem milhões de pessoas no mundo devido à escassez de água. Um problema global que afetará metade da população mundial em 2025, segundo dados da Organização Mundial de Saúde.

01

SUSTENTÁVE

Sua estrutura é baseada em contêineres marítimos reciclados, que podem ser instalados de diversas formas e para variados propósitos dependendo das necessidades de cada comunidade.
02

VERSÁTIL

Pode ser transportada, adaptada e instalada com facilidade onde existam sérias dificuldades de acesso à água de consumo humano.
03

MULTIFUNCIONAL

Oferece um espaço público adequado para o desenvolvimento de diversas atividades sociais, comunitárias, culturais, educativas e/ou esportivas.
04

FLEXÍVEL

Todos os componentes são suscetíveis de modificação: pode ser instalada uma estação de tratamento de águas mais potente, mais serviços públicos, conceber um espaço multifuncional muito mais amplo se for necessário, etc.

O primeiro projeto H2OMe na África

A Fundação Elecnor assinoum em 2016 um acordo de colaboração com a Fundação Eduardo dos Santos (FESA) para instalar em Gove, província de Huambo (Angola), o seu primeiro projeto H2OMe na África.

Hoje, este singular projeto é uma realidade que permitiu melhorar o acesso a água potável dos cerca de 10.000 habitantes da zona. O H2OMe filtra e potabiliza a água procedente da usina hidroeléctrica de Gove e a distribui à população para proporcionar a cada pessoa, em média, 50 litros por dia.

O projeto da instalação de H2OMe em Angola foi estruturado em cinco contêineres tipo "High Cube" de 40 pés. No primeiro contêiner está a fábrica potabilizadora de água; no segundo, há um alojamento para o responsável da exploração, que, por sua vez, serve de escritório e de armazém; e os restantes contêineres (3, 4 e 5) estão unidos formando uma biblioteca audiovisual multifuncional de cerca de 90 m². Para melhorar todo o complexo foi instalado também um parque infantil de jogos.

Galeria

TOP